Alongamento de pernas - o queridinho dos personais para você fazer em casa

Alongamento de pernas - o queridinho dos personais para você fazer em casa

É chatinho, né? Mas os alongamentos para pernas reduzem a tensão muscular, previnem eventual desgaste muscular e nas articulações, aumentam o fluxo sanguíneo, melhoram o equilíbrio do corpo e a circulação, além de aliviarem a tensão muscular do dia-a-dia.

Além disso, fazer exercícios de alongamento antes do início de uma sessão de atividade física é super importante, na medida que deixa o corpo mais flexível e diminui as chances de lesão durante a prática. 

Da mesma forma, o alongamento feito após a sessão de exercícios ajuda os músculos a voltarem ao seu tamanho normal, e promovem um alívio de uma dor que possa ter aparecido.

Convencidos? Hahaha... sem mais delongas, vamos direto à prática! São três exercícios fáceis que você pode fazer em casa, todos os dias.

1. Com a mão posicionada na parte de trás do joelho, puxe a perna em direção ao peito e mantém por 30 segundos. Repita 2 vezes com cada uma das pernas. 

2. Com as mãos posicionadas na parte de trás do joelho, puxe as duas pernas em direção ao peito e mantém por 30 segundos. Repita 2 vezes. 

3. Com o auxílio de uma toalha, lençol ou faixa, puxe uma das pernas para cima com o joelho esticado, outra perna deve ficar flexionada. Mantém a perna esticada por 30 segundos. Repita 2 vezes com cada uma das pernas. 

Atente para os seguintes detalhes: 

. O alongamento deve ser realizado dentro de uma zona de conforto, forçar o músculo pode trazer dores, rigidez e tensão. Não exagere. Respeite seus limites. 

. Caso sinta dores, recue um pouco, não é saudável.

. Relaxe e respire normalmente, não é recomendável prender a respiração durante a atividade.

. Alongue igualmente os dois lados do corpo. 

. Se pratica atividades regularmente, pode-se alongar até 3 vezes por semana, se é sedentário, é bom que faça a atividade todos os dias, ou até 2 vezes por dia.

. Não alongue se tiver lesionado, a menos que seja por orientação médica ou de algum profissional de fisioterapia.

Algumas pessoas muito entusiasmadas tendem a embarcar em um programa de alongamento, mas em seguida, saem depois de duas semanas, porque não tem benefícios imediatos.

Seja paciente e consistente, pois alongamentos tendem a ser uma parte mais parada de treinos e os efeitos dificilmente perceptíveis.

Você vai sentir os resultados com o tempo... foco e persistência são, de fato, a chave para o sucesso. Bora lá?

Gostou das dicas? Compartilhe!


Autoras: Diamani Caran e Pâmela Bulgarelli, diretoras da Inovar Saúde.

Imagem: Divulgação. 

SE INSCREVA NA NEWSLETTER E RECEBA NO SEU E-MAIL AS NOVIDADES DO BLOG SAÚDE ETC E TAL!