INOVAR SAÚDE | ARTIGOS | Veja como o açúcar pode prejudicar o resultado da sua cirurgia plástica






Veja como o açúcar pode prejudicar o resultado da sua cirurgia plástica

Veja como o açúcar pode prejudicar o resultado da sua cirurgia plástica

Você já ouviu falar em glicação? Não? Então vamos entender como essa palavrinha prejudica nossa pele e cicatrização.


A glicação é um processo de agressão do colágeno - fibra que sustenta a pele como um todo - devido excesso de açúcar. Ou seja, quanto mais açúcar você consumir, mais perda de colágeno terá. O açúcar “endurece” o colágeno e, com essa rigidez, deformidades aparecem. Uma coisa é fato - quanto mais rígido o colágeno, mais problemas a pele terá. A glicação faz com que o colágeno perca a função de hidratação. Vamos entender melhor! Ao redor do colágeno ficam moléculas de água e essas moléculas hidratam nossa pele, o açúcar impede que essas moléculas de água adiram a pele e ao colágeno, levando à uma desidratação.

Quanto mais sem colágeno a pele fica, mais ela se rompe, ela se quebra, ela se parte. Então, com isso, a estrutura da pele fica danificada acarretando em perda de elasticidade e de tonicidade. E isso prejudica não só a pele do rosto, mas do corpo inteiro. Então, a pessoa passa a ter mais estrias, mais manchas, mais celulite, queda de cabelo por causa da pele glicada.


E o que isso tem a ver com o resultado da cirurgia?

A pele inflamada, oxidada e glicada produz um colágeno de má qualidade resultando numa cicatrização ruim e numa desordem do conjunto estrutural da pele, que irá resultar na formação de fibrose pós lipoaspiração, por exemplo. A pele glicada é um problema e as pessoas não se atentam a isso. É necessário tirar a ação maléfica do açúcar no colágeno!!

É importante entender que a fibrose pós-lipoaspiração é uma condição que não pode ser considerada habitual. Se usarmos estratégias inteligentes para gerenciar a saúde da pele podemos evitar que as fibroses apareçam ou diminuí-las definitivamente. Se maximizarmos a performance do conjunto estrutural da pele, melhorando a vascularização na derme, hidratando mais o colágeno e aumentando sua capacidade funcional, a fibrose näo acontece ou, se já instalada, tem recuperação facilitada.

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO ESSE GUIA PARA QUE VOCÊ TENHA UM PÓS-OPERATÓRIO SEGURO E EVITE COMPLICAÇÕES!

A conduta antiglicante na recuperação da fibrose pós-operatória é crucial. A glicação compõe uma das mais fortes teorias para explicar o excesso de fibrose pós-operatória devido aos hábitos alimentares que privilegiam açúcares e o estresse oxidativo ao qual o organismo está exposto diariamente.

É principalmente na pele que se encontram pelo menos 80% do nosso sistema linfático, feito de capilares linfáticos iniciais onde a linfa se forma. Temos que diminuir o edema pós-cirúrgico e, por isto, precisamos de mais qualidade de pele e de  tecido subcutâneo para que estes capilares recolham com maior facilidade todas as estruturas do insterstício.

Por isso que é importante avaliar a qualidade da pele e o estado imunológico do paciente. Associar os procedimentos habituais do pós-operatório de lipoaspiração à nutricosméticos, aos tratamentos tópicos e à antiglicação do colágeno (através da alimentação também) são ferramentas primordiais para uma recuperação rápida nos casos da fibrose.

 

Trabalhando dessa maneira, com uma visão holística de todo o processo, conseguimos resultados mais positivos, tanto sob o aspecto clínico quanto pessoal do cliente que, por sua vez, atinge um alto nível de satisfação e de confiança no tratamento.


Lembrou de alguma amiga que fez ou vai fazer cirurgia plástica? Compartilhe com ela este artigo e entre em contato conosco clicando logo abaixo.... 

Agende sua sessão hoje mesmo! Clique Aqui (11) 97316-9546 e converse com a gente!

Pra Você, na sua Casa 

 

MAIS LIDAS

Inchaço pós-cirurgia plástica

Quando usar a drenagem linfática no pós-operatório de cirurgia plástica

Saiba como prevenir a trombose pós-cirurgia

A importância da alimentação saudável durante a gestação

7 alimentos que combatem a ansiedade

Inchaço pós cirurgia plástica

Afinal, quais os benefícios da drenagem linfática manual?

Saiba porque espreguiçar é tão bom 

Brutus acompanha (com atenção) sessão de Drenagem Linfática


_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Autoras: Dra. Diamani Caran (CREFITO-7-6363-F) é Fisioterapeuta Ortopédica, Traumatológica e Dermato Funcional e Dra.Pâmela Bulgarelli é Fisioterapeuta Reumatológica e Dermato Funcional (CREFITO-3/109947-F), ambas diretoras da Inovar Saúde.

SE INSCREVA NA NEWSLETTER E RECEBA NO SEU E-MAIL AS NOVIDADES DO BLOG SAÚDE ETC E TAL!